Casa Passiva

O padrão Passivhaus ou "Casa Passiva" muitas vezes é confundido com abordagens mais genéricas da arquitectura solar passiva, com a qual compartilha alguns princípios comuns. Esta na capacidade de reduzir a demanda e o consumo de energia primária para o aquecimento ou refrigeracao de ambientes o fator que difere a Casa Passiva dos conceitos mais genéricos. Portanto, pode ser considerada tanto como uma especificação robusta de desempenho energético além de ser um conceito de design holístico de baixa energia.

Em uma Casa Passiva conforto térmico adequado é alcançado na maior nível possível através da utilização de medidas passivas listadas abaixo e que podem ser aplicados não só para o setor residencial, mas também para edifícios comerciais, industriais e públicos.

  • bons níveis de isolamento térmico com um mínimo de pontes térmicas
  • ganhos solares passivo e fontes de calor interno
  • construções hermeticamente vedadas (excelente nível de estanqueidade
  • boa qualidade do ar dentro dos ambientes internos proporcionado por todo um sistema de ventilação mecânica com recuperação de calor altamente eficientes

A exigência de aquecimento em uma casa passiva é reduzida ao ponto onde um sistema de aquecimento tradicional já não é considerado essencial. Refrigeração em uma casa passiva também é minimizada pelos mesmos princípios e com o uso de sombreamento e, em alguns casos através de pré-resfriamento do ar a ser ventilado. O uso dos recursos naturais de ventilação-cruzada ocasionando um trânsito de ventos através das janelas abertas é incentivado durante os meses de verão.

Não há requisitos rigorosos em relação à produção de água quente para uso doméstico; Com relação a iluminação e ao consumo de aparelhos elétricos o padrão impõe um limite global sobre o consumo de energia primária que promove a eficiência energética em todas essas áreas.

Balanço Energético

O balanço energético do edifício proposto deve ser verificado utilizando a última versão do Pacote de Planeamento da Casa Passiva (PHPP), utilizando um conjunto de dados climáticos apropriados. A demanda específica de aquecimento do ambiente é calculada utilizando um método que segue a norma EN ISO 13790.

For more information please contact us

Further information

 

Especificação Outline

O padrão e normas da Casa Passiva prevê valores limites para a especificação de vidros, sistema de ventilação, os níveis de vedação e isolamento hermético do ar e pontes térmicas como fatores que não devem exceder os limites rigorosos, a fim manter os critérios de conforto térmico do ambiente.

Componente de design

Valor Limite

Clima Temperado

Clima Quente

Demanda para aquecimento de espaço 

≤ 15 kWh/m2 .yr

≤ 15 kWh/m2 .yr

Demanda para refrigeração de espaço

≤ 15 kWh/m2 .yr

≤ 15 kWh/m2 .yr

Capacidade de carga térmica

10 W/m2

10 W/m2

Demanda de energia primária

120 kWh/m2 .yr

120 kWh/m2 .yr

Parede, telhado, piso,

(valores U)

≤0.15 W/m2K

≤0.2 W/m2K

Unidade de revestimento

≤0.8 (≤0.85 )W/m2K

 

Portas

≤0.8 W/m2K

 

Infiltração de ar (ach-1)

≤0.6 @ n50

≤0.6 @ n50

Pontes térmicas (linear ψ)

≤0.01 W/mK

≤0.01 (W/mK)

Ventilação mecânica comrecuperação de calor coeficiente (η HR)

≥0.75

≥0.75